CHINA HOJE

CHINA HOJE

De: R$ 75,15 Por: R$ 29,90 No boleto: R$ 28,41 Economize: 5,00% no pagamento com boleto

comprar
Avalie
Calcule o frete e o prazo de entrega para sua região:

Descrição

Já no começo da reforma política na China, depois do fim da era Mao Tse Tung, desenvolveu-se a partir de 1979 em pouco tempo um cenário artístico extremamente variado e dinâmico. Nos anos 1980, em particular, muitos artistas chineses tinham o firme propósito de mudar a sociedade com os seus trabalhos. Após os eventos de 1989, esta percepção deu lugar a uma profunda apatia, enquanto a maioria dos artistas deixou seus ideais de lado para centrar-se em sua própria individualidade e cotidiano, o que acabou sendo altamente produtivo. Por outro lado, o crescimento econômico chinês dos anos 1980 foi algo como um abalo sísmico ou uma falha geológica na vida de todos os chineses, principalmente os que viviam nas áreas urbanas, provocando profundas conseqüências na produção artística. A arte chinesa não é muito auto-referenciada. É muito mais uma arte que retrata as enormes transformações que a China vem atravessando, seja pela via da crítica social, seja no nível das sensibilidades humanas! Essas mudanças levaram os artistas chineses a escolherem seus próprios temas, o que acabou prenunciando a freqüente agressividade adotada pelos artistas, completa. A busca por uma identidade chinesa que possa se contrapor ao domínio do Ocidente é algo que hoje ocupa uma posição de poder e renovada autoconsciência entre os chineses e que vai muito além da arte, em virtude das bem-sucedidas iniciativas da China no comércio e nos esportes, além de uma atitude mais calorosa em relação ao país no mundo ocidental.

Livro em português
Brochura
22,5 x 28,5 cm
1ª Edição - 2007
128 pág.