Crack-up Pocket

Crack-up Pocket

Produto esgotado no momento, quer ser avisado?

Preencha os dados abaixo para ser avisado quando retornar.

Descrição

"Às vezes não sei se sou real ou se sou um personagem de um dos meus romances", declarou certa vez F. Scott Fitzgerald (1896-1940), um dos mais célebres escritores do século XX. Apesar da frase, mesmo nos momentos mais loucos de sua vida ele manteve o aguçado senso de objetivida­de. Porém, partilhava com os seus livros a qualidade de parecer totalmente represen­tativo de uma época. Estrela dourada da "geração perdida", autor best-seller aos 23 anos de idade, devido ao sucesso ele se viu mergulhado em uma estonteante vida de viagens, alta sociedade e abundantes festas; ainda que durante todo o tempo ele tenha continuado trabalhando, produzindo as obras – O grande Gatsby e Suave é a noite, por exemplo–, que lhe valeram um lugar entre os melhores escritores do seu tempo. Sua vida e sua ficção formam uma mistura persona­líssima de romance e realismo.

Logo após a morte de Fitzgerald – aos 44 anos –, seu grande amigo, o crítico, escritor e historiador Edmund Wilson (autor de Rumo à estação Finlândia), reuniu esta seleção de escritos. Trata-se do mais próximo que temos de uma autobio­grafia do autor. Aqui estão os seus ensaios íntimos, anotações, aforis­mos, sua correspondência, vigorosa e reveladora, bem como contribui­ções de amigos como T.S. Eliot, Gertrude Stein e John Dos Passos. É a história reconstituída do colapso de Fitzgerald, seu rápido declínio do sucesso ao fracasso e ao desespero e sua determina­da recuperação. Sobretudo, é a história de um homem cuja per­so­nalidade e inescrupulosa alegria encantam a todos e cujo gênio é o símbolo vivo de sua era.