O design brasileiro nos anos 60

O design brasileiro nos anos 60

De: R$ 96,00 Por: R$ 39,90 No boleto: R$ 37,91 Economize: 5,00% no pagamento com boleto

comprar
Avalie
Opção de parcelamento via cartão de crédito
  • 1x sem juros
Calcule o frete e o prazo de entrega para sua região:

Descrição

Organização: Chico Homem de Melo. Segundo volume da coleção iniciada por O design brasileiro antes do design, este livro dá continuidade ao projeto editorial pioneiro de traçar uma história do design gráfico nacional.
Com um rico panorama da cena mundial dos anos 1960, a obra retrata e discute o que pode ser considerado como o período de consolidação do design gráfico brasileiro. No capítulo "Design de livros", Chico Homem de Melo mostra a relação entre o desenvolvimento da indústria editorial brasileira e do design gráfico a partir da década de 60, impulsionados pelo aumento e sofisticação do público, e se vale dos exemplos notáveis das revistas Realidade e Senhor para ilustrar sua reflexão. O design do baiano Rogério Duarte é abordado no texto de Jorge Caê Rodrigues. Ligado ao Tropicalismo, Duarte criou projetos gráficos tão complexos e alegóricos quanto as mudanças propostas pelo movimento de fins dos anos 60. O capítulo "A identidade visual toma corpo", de autoria de André Stolarski, trata da consolidação da identidade visual no Brasil na década de 60, tanto pela qualidade dos trabalhos como pela atitude profissional, que aliava à elaboração estética uma visão de design ligada ao planejamento, ao contexto do projeto gráfico.
No capítulo "De costas para o Brasil: o ensino de um design internacionalista", João de Souza Leite discute o ensino de design no país a partir de uma análise aprofundada do exemplo emblemático da Esdi (Escola Superior de Desenho Industrial), escola que marca o início da profissão como a conhecemos hoje.
Além de importante compilação iconográfica, com 514 imagens reunidas - entre elas, numerosas peças gráficas raras -, esta é uma obra de referência não só para designers, mas também para todos os interessados pela cultura do País.