Os Magnatas Pocket

Os Magnatas Pocket

Produto esgotado no momento, quer ser avisado?

Preencha os dados abaixo para ser avisado quando retornar.

Descrição

A história de Andrew Carnegie (1835-1919), John D. Rockefeller (1839-1937), Jay Gould (1836-1892) e J. P. Morgan (1837-1913) – os magnatas do título – é também o retrato de um dos períodos mais profícuos da economia americana. Charles R. Morris, conceituado escritor e jornalista, reúne a biografia destas quatro grandes personalidades para esclarecer como, nos quarenta anos após o término da guerra civil americana, eles conseguiram transformar os Estados Unidos no país mais rico, mais criativo e mais produtivo do mundo.

É difícil ter passado pelo século XX sem ter ouvido uma menção a algum dos nomes acima. Se não diretamente ao nome, a pelo menos uma das áreas da economia praticamente inventadas por um desses gigantes da Era de Ouro americana. O mais incrível é que essa revolução socioeconômica, que teve início logo após o assassinato do presidente Lincoln, ocorreu quando todos eles eram jovens: Carnegie (futuro imperador do aço), que inicialmente ganhava a vida como catador de carretéis de linha, já era muito rico aos trinta anos; Rockefeller (posteriormente barão do petróleo), aos 26 possuía uma das maiores e mais lucrativas refinarias do país. Jay Gould (mais tarde, o homem das ferrovias), depois de uma carreira como curtidor, estava tentando a sorte como especialista em turnaround aos 29 anos. Morgan (que se tornaria um dos maiores banqueiros dos EUA e do mundo), aos 28 aprendia o ofício na rede bancária do pai.

Morris analisa em Os magnatas a combinação dos atributos desses tycoons – inteligência, ambição e determinação –, que resultou na concepção dos Estados Unidos moderno. A versatilidade do autor se traduz num texto que aborda, simultaneamente, informações biográficas, históricas e econômicas sem apelar para o didatismo. Pelo contrário: sua escrita surpreende pela facilidade com que apresenta as informações, relacionando dados brutos como faturamento, índices de crescimento e taxas com o funcionamento do mundo globalizado dos negócios.

“Um relato vívido e incisivo de um tumultuado e muitas vezes incompreendido período da história econômica americana. Uma ótima leitura de sólido conteúdo.”
H. W. Brands, autor de The Age of Gould e Lone Star Nation

“Os magnatas é uma valiosa contribuição à interpretação e à divulgação de um dos mais vitais, ainda que muitas vezes romantizado, períodos do desenvolvimento econômico americano.”
Kenneth Warren, autor de Big Steel e Triumphant Capitalism