VITIMAS DA MODA COMO A CRIAMOS

VITIMAS DA MODA COMO A CRIAMOS

Produto esgotado no momento, quer ser avisado?

Preencha os dados abaixo para ser avisado quando retornar.

Descrição

Se a cultura das aparências, nos séculos XVII e XVIII, associada ao luxo e à frivolidade, aparecia como um privilégio das elites, na sociedade contemporânea ela se transformou numa prática inevitável, que perpassa os mais diferentes segmentos sociais. Somos todos vítimas da moda, não por conta de algum mecanismo coercitivo, mas porque ela nos assalta cotidianamente, tornando-se parte integrante do nosso processo de construção das identidades e do nosso modo de comunicação. A originalidade do livro "Vítimas da moda? Como a criamos, por que a seguimos", de Guillaume Erner, está justamente em deslocar a moda do foco da discussão, do espaço da distinção social e de classes, onde estava confinada, para a esfera da inserção social e da expressão pessoal. Do nascimento da alta costura francesa, em emados do século XIX, até a cultura das marcas dos nossos dias, o autor traça um percurso da popularização do mundo aristocrático da moda.