Notícia

Traço Solto: trânsitos da arte naïf no acervo do MARGS

Traço Solto: trânsitos da arte naïf no acervo do MARGS

O Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli apresenta ao público a mostra Traço Solto: trânsitos da arte naïf no acervo do MARGS, explorando a visão da arte em seus diferentes sentidos e liberdades de interpretações, sem preocupação acadêmica. A exposição, com curadoria de Carolina Bouvie Grippa, pode ser visitada de 17 de maio a 2 de julho de 2017, das 10 às 19h, com entrada franca.

Partindo do significado de arte naïf, termo dado a obras realizadas por artistas que não possuem um conhecimento acadêmico de arte, a presente exposição surge para discutir os trânsitos existentes do que se apresenta como naïf e obras modernas e contemporâneas que, de alguma maneira, evocam esse universo; já que muitos artistas que tiveram educação artística formal se valem de características ditas naïfs (ausência de perspectiva e de composição, cores vibrantes, temas do cotidiano e simplificação das imagens) para a construção de suas obras.

Assim, foram selecionadas obras de 21 artistas do acervo do MARGS para compor um diálogo entre artistas reconhecidos como naïf e outros que tiveram educação artística formal. As técnicas das obras são variadas, compostas por gravuras, óleos e esculturas.

O MARGS funciona de terças a domingos, das 10h às 19h, sempre com entrada gratuita. Visitas mediadas podem ser agendadas com o Núcleo Educativo, através do email educativo@margs.rs.gov.br. Arte naïf O termo arte naïf (arte ingênua) foi usado