Sardenha Como Uma Infância

Sardenha Como Uma Infância

Produto esgotado no momento, quer ser avisado?

Preencha os dados abaixo para ser avisado quando retornar.

Descrição

Terceiro título do italiano Elio Vittorino a chegar ao Brasil pela editora Cosac Naify, Sardenha como uma Infância conta em primeira pessoa o relato de uma expedição a Sardenha que o escritor fez ainda jovem, aos 24 anos. No livro, escrito em forma de diário de viagem entre 1932 e 1933 período no qual a Itália viveu sob o regime fascista de Mussolini -, Vittorini percorre a ilha, a partir da baía de Tavolara. O escritor viaja como ocorre de viajar: de trem, de furgão e num vapor de carga, até se desligar da expedição no porto de Maddalena. O trajeto é transcrito em 43 capítulos curtos, nos quais o relato de Vittorino vai além do histórico, do registro factual dos dias de viagem. O escritor se volta e se fixa na figura humana e em suas nuances, seu objeto de maior interesse.